Como comprar produtos importados







Você tem vontade de aprender a importar produtos das grandes marcas mundiais, como um bom perfume, aquele relógio de marca famosa, maquiagens, roupas, calçados ou qualquer outro tipo de produto?

Você sabia que é possível importar qualquer tipo de produtos dos Estados Unidos, China e Paraguai?  Você consegue pagar sobre os produtos valores até cinco vezes menores do que se comprados no Brasil.

Já pensou em revender esses produtos importados e ganhar muito dinheiro?

Nesse artigo, vamos trazer algumas dicas de como importar da maneira correta os melhores produtos consumidos no mundo inteiro.

Nos acompanhe! Vamos importar e ganhar dinheiro?

Conheça as principais maneiras de importar uma mercadoria

Você sabia que existem diferentes formas de importar produtos dos Estados Unidos, por exemplo, e revender. A seguir vamos trazer as três principais maneiras de importar.

A primeira forma é utilizar uma empresa intermediadora, uma empresa de Trading. Nesse caso, uma empresa de importação faz o intermédio da compra e cobra uma porcentagem sob o valor da compra.

Você pode importar também por meio do desembaraço aduaneiro, nesse caso, o valor do imposto que está atrelado ao produto importado, esse imposto pode variar de 8% a 100% sobre o valor da mercadoria.

A última forma de importar com segurança e também a mais utilizada, é a importação por dropship, para esse tipo separamos um tópico especial.

como importar
como importar

NOSSAS DICAS

1ª Escolha um segmento de produtos

Antes de começar a importar é importante que você escolha um segmento de produtos aos quais pretende revender. São produtos mais baratos? Essa escolha pode te ajudar a não assumir risco no início dos negócios.

É importante você analisar muito o bem o que pretende vendar, pesquise os produtos que são mais importados, siga um segmento e bora importar.

 2ª Quanto você pode gastar e qual o seu público-alvo?

Importação para revenda é um investimento, portanto, você precisar conhecer o seu poder de compra, qual o valor em compras que você tem?

Nosso conselho é de que no começo não invista nos produtos mais caros, por prudência. O legal é começar com produtos mais baratos, que tem saída rápida e conforme você ganha dinheiro pode investir em produtos mais caros.

Se seu público-alvo são mulheres, invista em produtos cosméticos, no caso dos homens, invista no vestuário e acessórios. Existem marcas certeiras que fazem sucesso para o público-alvo que você deseja alcançar, por exemplo, Victória Secret para elas e Lacoste para eles.

Pesquise sobre as marcas, a pesquisa é a chave do seu negócio. Quem compra produto importado, quer ter os produtos de marcas famosas!

Escolha pelo menos três tipos de produto para o público-alvo que você pretende alcançar. Além disso, você pode trabalhar por encomenda, quando um cliente desejar algum tipo de mercadoria que você não revende.

3ª Fornecedores

Encontrar bons fornecedores é o segredo para fazer com seus clientes retornem a comprar com você. Vender produtos com excelente qualidade traz fidelidade aos seus negócios.

Um dos perigos de importar produtos é a compra de mercadorias falsificadas. Não é bom vender um creme da famosa Victória Secret e seu cliente ao usar descobre que o produto é falsificado.

Conheça a procedência dos seus fornecedores para sempre oferecer produtos de confiança e qualidade

Nossa dica é de que você compre produtos de varejistas famosos como a Macy’s e Amazon, em suas lojas oficiais você não encontra produtos falsificados.

 4ª Quanto cobrar pelo produto importado? Vendas e lucros

Nossa dica é que você venda seus produtos importados 20% mais baratos que os preços praticados no Brasil.

Além disso, tente sempre conseguir lucros de 100% sobre cada mercadoria. Para isso, como aqui no Brasil, pesquise os preços dos produtos no país que você deseja importar, escolhas as lojas com melhores preços, sem esquecer da qualidade.

Para investir em qualquer tipo de empresa ou segmento é  importante ter um sistema administrativo para o seu negócio.

Se você começou a vender virtualmente, você precisa ter uma estrutura física, um escritório por exemplo, que te dê suporte para o gerenciamento de pedidos, do faturamento, estoque, etc.

Leve seu negócio a sério, mesmo que seja pequeno, uma estrutura de negócios bem montadas por alavancar os seus lucros.

5ª Redirecionamento de encomendas

Sugerimos que você use um redirecionamento de encomendas em suas compras de importados. O redirecionamento de encomendas ocorre para quando a loja a qual você comprou uma mercadoria não entrega produtos para o Brasil.

Esse redirecionamento ocorre por meio de empresas no exterior que prestam tipo de serviço. Sugerimos o redirecionador Shipto, essa empresa envia qualquer produto para todos os lugares do Brasil.

Com o redirecionamento é possível economizar em impostos que são tributados nas mercadorias exportadas, já que a empresa que faz o redirecionamento tem sede no país exportador.

6ª Dropshipping e estoque

Lembra que iniciamos uma conversa sobre os tipos de importação? Deixamos a importação por meio de dropsh para agora. Vamos conhecer esse sistema.

Para quem revende produtos importados pela internet, o dropshipping pode ser uma excelente opção.

O dropshipping funciona como uma gestão de cadeia logística, ou seja, o revendedor não trabalha com estoque, ele vende por meio de um catálogo de produtos ou pela sua página na internet.

Dessa forma, quando o cliente ao finalizar uma compra, o revendedor solicita o produto junto ao seu fornecedor que entrega o produto diretamente ao cliente.

Com o dropshipping o investimento inicial é baixo, você só precisar ter um computador com acesso à internet. Porém, mesmo assim, é preciso ter um pequeno estoque para atender as demandas de compras com prazo menor.

Esperamos ter te ajudado a entender um pouco melhor sobre como a importar produtos. Vamos começar a importar e ganhar dinheiro?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *