Bolsonaro Confirma Fim do Horário de Verão em 2019

O Presidente observou que, no futuro, o objetivo é que não seja necessário horário de verão nos outro anos.

O presidente do Jair Bolsonaro informou que não haverá horário de verão no Brasil neste ano e deixou claro que no futuro a tendência é que a troca de horário seja excluída do calendário do país. “Eu tomei a decisão de que não teremos horário de verão para 2019”, disse o presidente Jair Bolsonaro na sexta-feira, 5/04, durante um café da manhã com repórteres.

O ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, disse nesta semana que o portfólio vai completar a pesquisa sobre o assunto nos próximos dias. O conteúdo deverá ser será entregue ao presidente Jair Bolsonaro, que tomará a decisão se o horário de verão no país continuará.

De Acordo o ministro, a decisão deverá ser tomada neste momento e tem por base não apenas fatores econômicos, mas também outros fatores, como sobrecarga na energia e consumo de pico, por exemplo.

O ex-presidente Michel Temer em 2017, pensou em acabar com o horário de verão, isso porque o Ministério de Minas e Energia sinalizou que a redução de custo gerada havia caído de R$ 405 milhões para R$ 159 milhões.

bolsonaro fim do horario de verao
bolsonaro fim do horario de verao

Horário de verão

No verão, alguns estados do país estão à frente das horas em uma hora, geralmente entre outubro e fevereiro. O horário de verão é variável, mas em média dura 120 dias.

O objetivo é economizar energia retardando o início da noite e reduzindo assim, por exemplo, o funcionamento das lâmpadas.

Declaração do Presidente Bolsonaro Sobre o Horário de Verão

A razão para a desaceleração da economia foi a mudança no perfil de uso de energia: o consumo de pico foi durante as horas mais quentes do dia devido ao ar condicionado.

Em 2018, o início do horário de verão teve que ser alterado para que não coincidisse com a data da eleição.

No entanto, o adiamento causou outro problema porque coincidiu com a data de início do teste do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

As mudanças foram preocupantes porque isso poderia confundir os candidatos em relação ao fechamento do portão. 5,5 milhões de estudantes foram inscritos no exame.

Segundo o ministério, desde 2010, o Brasil economizou pelo menos 1,4 bilhão para a transição para o horário de verão. De acordo com os dados já divulgados, no período de 2010 a 2014, o uso da luz solar permitiu aos consumidores economizar 835 milhões- uma média de 208 milhões por estação.

Será o fim do horário de verão no Brasil? E Jair Bolsonaro ficará para História também ao por fim no horário de verão?

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *